Pequeno artigo de Yogananda falando sobre o aspetco feminino da divindade, ou  Mãe Cósmica. Ó Mãe Divina, a abelha da minha mente se absorveu em Teus  pés de lótus de luz azul. Ela bebe o mel de Teu amor maternal. Essa tua abelha real  não beberá de outro mel que não seja o que é agraciado pelo Teu perfume.

Ó Mãe Divina, voando acima de todos os jardins da minha fantasia, negando a mim mesmo o mel de todos os prazeres, afinal encontrei a secreta ambrosia de Teu coração de lótus.

Eu era Tua abelha atarefada, que voava pelos campos das encarnações, aspirando o alento das experiencias;  já não vagarei, pois Tua fragrância apagou a sede de perfume da minha alma.”

Yogananda


Clique aqui para baixar!