neem+beads

Tenho sabido de um interesse comum sobre a prática da meditação utilizando o japamala, então hoje vou postar como é utilizado o Japamala no meu sádhana. O Japamala, como bem sabem, é composto de 108 contas, mais o Meru, que é a conta onde se encaixa o filetinho de fios. O Meru é considerado como sendo Deus, assim, nunca passamos por cima Dele, sempre que terminamos uma volta de 108 repetições de um mantra, voltamos por onde viemos. Também nunca seguramos o Japamala com o dedo indicador, em algumas escolas dizem que é um dedo impuro, pois é o dedo que usamos para apontar defeitos e fazer julgamentos. Outras escolas justificam este costume por sua forma energética, no qual o modo pelo qual seguramos o Japamala denota a forma de energia eletromagnética que vai nos circundar no momento da prática e após.  As formas de segurar o Japa também variam, alguns usam o dedo médio, outros (incluindo a mim), seguram pelo dedo anelar.

Começamos sempre segurando pelo Meru. Saudamos o nosso Mestre com um mantra dado por ele próprio, repetimos por três vezes o mantra ensinado por Sri Shiva no Srimad Bhagavatam,  “Om Namo Bhagavate Vasudevaya“, e iniciamos a primeira volta saudando Sri Ganesha, o Removedor de Obstáculos que garante sucesso na nossa prática espiritual. Terminando a primeira volta de 108 repetições, ao chegar de volta ao Meru, repito mais trêz vezes o Mantra “Om Namo Bhagavate Vasudevaya“.; E então , volto pelo mesmo lado que cheguei, agora iniciando com o Maha Mantra “Hare Rama Hare Rama Rama Rama Hare Hare Hare Krishna Hare Krishna Krishna Krishna Hare Hare” , por quatro volta de 108 repetições.

Por conta do meu estudo de Astrologia Védica, tenho feito Japa com mais dois mantras:

1. Hare Rama Krishna.

2. O famoso Gayatrí:

OM BHUR BHUVAH SVAH

TAT SAVITUR VARENYAM

BHARGO DEVASYA DHIMAHI

DHIYO YONAH PRACHODAYAT

Vários outros mantras podem ser utilizados; alguns fazem mantras para o planetas (designado pela Astrologia Védica), outros fazem mantras para transformação de aspectos negativos na personalidade (psicologia védica), ainda há mantras para melhorias do estado de saúde e quilíbrio dos Doshas (Ayurveda), enfim, existem ma ntras para diversos fins.

Devo enfatizar que: é melhor começar sua prática de mantras na Lua Cheia ou Crescente; feita a primeira prática, persista nela por pelo menos 40 dias (tempo mínimo pra sentir os efeitos da prática); adquira o Japamala ideal para seu tipo (existem Japamalas de Sândalo, pau-rosa, rudrakshas, tulasi, sendo que elas também podem ajudar nos desequilíbrios dos Doshas pelo sistema Ayurvédico). Pesquise, pesquise… Todo pesquisador tende a ser um bom conhecedor de si mesmo – ou ao menos deveria…!

Espero que essas dicas possa ser de valia para alguém!

Namastê